Maior avião do mundo foi destruído em ataque russo ao aeródromo

The Antonov-225 cargo aircraft.Photographer: Andrey Rudakov/Bloomberg

A maior aeronave do mundo, o avião de carga Antonov-225, foi destruída pelas forças russas enquanto estava em reparo em um aeródromo em Gostomel, perto de Kiev, de acordo com a estatal Ukroboronprom da Ucrânia.

A restauração da aeronave, conhecida como Mriya, levará mais de cinco anos a um custo de mais de US$ 3 bilhões após o ataque, disse a Ukroboronprom em comunicado datado de domingo, acrescentando que visa garantir que a Rússia cubra os custos.

“A Rússia atingiu o Mriya como um símbolo das capacidades de aviação da Ucrânia”, disse a empresa.

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, também twittou sobre a aeronave.

A aeronave de seis motores tem 84 metros de comprimento e uma envergadura de cerca de 88 metros. Voou pela primeira vez em dezembro de 1988 e detém recordes de transporte da maior carga comercial.

“Os russos destruíram o avião, mas não serão capazes de destruir nosso sonho comum”, disse Ukroboronprom. “Mriya definitivamente renascerá.”

Aeronave veio ao Brasil em novembro 2016

O Antonov esteve no Brasil em 2016 para buscar um gerador de 155 toneladas, fabricado em Guarulhos, e que foi levado ao Chile.

Atualização em 4 de março de 2022:

Imagens da destruição ocorrida no aeródromo.

Imagens da TV Estatal Russa.