Tesla lança o primeiro caminhão elétrico autônomo

Elon Musk sempre sonhou grande, e esta noite ele mostrou seu maior devaneio ainda: o elétrico Tesla Semi. Alimentado por uma enorme bateria e capaz de transportar 80 mil libras (aproximadamente 36 toneladas), pode percorrer 500 milhas ( aproximadamente 800km) entre as cargas. Aliás, pode até mesmo dirigir sozinho nas estradas aparentemente.

E a promessa de Musk é de que a produção começará em 2019.

 

Cabine do SemiTruck Tesla
Na cabine do Semi-Truck o motorista fica no centro.

O grande equipamento, que Musk revelou na sede da SpaceX Hawthorne, na Califórnia, quinta-feira à noite, é apenas o último passo em sua missão de fazer a humanidade se esquecer do planeta, matando combustíveis fósseis e abraçando o evangelho da energia elétrica.

Isto é, é claro, se ele pode convencer a indústria de transporte rodoviário é hora de uma nova maneira de mover as coisas – e se ele realmente pode fazer o assunto.

Segurança como grande diferencial

Durante a apresentação, Elon Musk detalhou um pouco de algumas funcionalidades do novo caminhão. E uma dessas funcionalidades é o sistema que permite que o caminhão dirija sozinho, freie, e se mantenha na estrada, caso o motorista tenha algum problema de saúde. O caminhão se encarrega de parar em segurança ou continuar pela estrada até que a ajuda chegue.

O caminhão para o trabalho

Vista lateral do Protótipo do Semi-Truck Tesla

Musk acredita que ir atrás dos Big Boys ( as maiores montadoras de veículos do país) é a melhor maneira de ter um impacto real na mudança climática. Nos cinco anos desde que a Tesla começou a produzir seu sedan Modelo S, vendeu cerca de 200 mil carros ( os EUA têm mais de 250 milhões de carros de passageiros na estrada) causando o impacto de, aproximadamente, zero. Mesmo que a Tesla reduza os custos de produção de seu sedã Modelo 3 “acessível”, ainda precisará de muito tempo antes que a montadora do Silicon Valley possa mudar a forma de como a humanidade se locomove e que reduza suficientementa a fim de  impactar em uma redução drástica nas emissões globais de monóxido de carbono.

Mas.. os caminhões podem oferecer uma maneira mais eficaz de fazer isso, porque eles são particularmente muito tóxicos. “Os veículos pesados ​​constituem uma pequena fração dos veículos na estrada, mas uma grande fração de suas emissões”, diz Jimmy O’Dea, que estuda veículos limpos na Union of Concerned Scientists. Na Califórnia, essa categoria (que inclui ônibus e caminhões) representa 7% do total de veículos, mas produz 20% das emissões de gases de efeito estufa relacionadas ao transporte e um terço de todas as emissões de NOx (aqueles são ligados a ataques de asma e doenças respiratórias).

Todo caminhão que você se move com eletricidade em vez de diesel tem um efeito extraordinário sobre a saúde do planeta e sobre tudo de quem vive nele. Dezoito rodas são o maior multiplicador de força.

Musk fez a matemática. E, enquanto muitos jogadores estão se movendo para o espaço de transporte elétrico, nenhum deles tem o poder da estrela da Tesla, o tipo de influência que faz o país inteiro prestar atenção

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.