Samsung revela o Galaxy Z Fold 2, o smartphone dobrável

A Samsung revelou sua terceira tentativa de um telefone dobrável hoje, que também é seu primeiro dispositivo dobrável compatível com 5G.

O Galaxy Z Fold2 5G segue o lançamento conturbado do primeiro telefone dobrável da Samsung, que estava planejado para ser lançado em abril do ano passado.

O dispositivo original foi colocado pra escanteio depois que jornalistas tiveram problemas (quebras, mal funcionamento) em poucos dias, além dos problemas com a tela.

Tela externa bem maior que o modelo original. Agora as câmeras traseiras seguem o padrão da nova linha Galaxy.

Alguns críticos o rotularam de “inutilizável” e um telefone de segunda geração reformulado e revisado foi lançado posteriormente.

Preço

Em um upload acidental para o site da Samsung, o preço do novo dispositivo vazou antes do lançamento em si, e em £ 1.799 para consumidores no Reino Unido, certamente não se destina ao segmento não-premium do mercado. Em uma conversão direta com a Libra comercial: R$ 12.953,18. Isso mesmo: quase 13 mil reais. Se pensarmos que os preços no Brasil seguem a uma tendencia de conversão-lucro-impostos, ele pode ultrapassar a barreira dos R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

Hardware de ponta

Mas por esse preço vem com especificações que competem até com alguns laptops, com 12 GB de RAM, 256 GB de armazenamento e uma bateria de 4.500 mAh – a chamada “bateria o dia todo” da Samsung – que será necessária se o dispositivo estiver funcionando processos naquele hardware poderoso.

O armazenamento é fixo, no entanto, e o dispositivo não contém nenhuma porta para um cartão MicroSD.

As avaliações têm sido positivas, com a TechRadar descrevendo o dispositivo como “melhor em quase todos os aspectos” do que o Galaxy Fold original “exceto, talvez pelo nome”, com elogios especiais dados às telas muito maiores.

Um mecanismo de dobradiça aprimorado também mantém as telas estáveis, independentemente do ângulo em que são abertas, o que não era o caso com o Fold original, e o mecanismo tem escovas embutidas para mantê-lo livre de poeira e sujeira.

A tela de cobertura mede 6,2 “de ponta a ponta, enquanto a tela principal tem 7,6” de largura e vem com uma taxa de atualização adaptativa de 120 Hz – como o Galaxy Note 20 Ultra premium da empresa – que atrairá usuários de jogos móveis, um segmento de mercado que a Samsung tem sido fortemente direcionada.

Cameras por todos os lados

Uma das características mais interessantes desse dispositivo são as câmeras. Não pela quantidade de Megapixels, mas pela quantidade delas espalhadas por todos lados. Você pode tirar uma foto com ele fechado com uma das três câmeras traseiras ou uma selfie com a câmera escondida na tela externa. Mas ao abrir o aparelho, as câmeras traseiras podem ser usadas para selfie e com um viewfinder digital pela própria tela externa.

Por outro lado, ao abrir o Galaxy Z Fold2 as câmeras traseiras funcionam normalmente e transmitem para a tela dobrável interior o preview com a amplitude da tela de mais de 7 polegadas. Mas também há a câmera interna, que agora está posicionada mais ao centro da tela dobrável com o que a Samsung chama de infinity-o, sem mais nenhum notch (aquela barra).

Resiliência

A Samsung realmente acreditou nesse projeto flip-fold. Ele acontece logo depois de a empresa ter revelado seu novo smartphone premium, o Note 20, ao lado do novo tablet S7, Galaxy Watch 3, e seus Galaxy Buds reprojetados em agosto.

Como parte do foco em jogos, a Samsung fez parceria com a Microsoft, com o objetivo de oferecer uma “experiência de jogo do Xbox na palma de suas mãos”, de acordo com Conor Pierce, vice-presidente corporativo da Samsung Electronics no Reino Unido e Irlanda, que falou à Sky News anteriormente.

Game Pass Ultimate oferece aos usuários acesso a uma biblioteca de jogos de console e PC com curadoria, incluindo mais de 100 títulos populares, como Minecraft Dungeons, Forza Horizon 4 e Gears 5: Ultimate Edition.

A velocidade de conexão 5G também deve permitir que os jogadores evitem os problemas de latência frequentemente experimentados ao jogar jogos online, e os telefones usam o padrão Wi-Fi 6 para manter as conexões em casa fortes, mesmo se vários dispositivos estiverem solicitando largura de banda do roteador.

Veja a apresentação online na íntegra abaixo ( começa na 1h00m ):