Aarhus University. File photo: Kim Haugaard/Ritzau Scanpix

Como funciona o sistema educacional na Dinamarca?

 

A educação na Dinamarca começa cedo. A maioria das crianças com 6 meses de idade começa a frequentar a primeira forma de cuidados infantis e uma introdução ao sistema educativo dinamarquês.

Nenhum ensino formal é permitido até a idade de 6 anos, mas os dinamarqueses acreditam fortemente que estar perto de outras crianças e integrar é importante.

Assim, as crianças que estão nas creches serão expostas a habilidades de desenvolvimento pessoal, habilidades de linguagem, habilidades sociais, natureza, movimento e valores culturais. Isto é considerado como uma forma de educação na Dinamarca.

Educação na Dinamarca – como aplicar

A primeira coisa a saber é que você DEVE ter um Número de CPR, antes de poder registrar seus filhos em qualquer forma de educação na Dinamarca ou em serviços de cuidados infantis.

CPR é o Centrale Person Registernummer , o Número de Registro Pessoal Central (em uma tradução livre).

Cada kommune é responsável por colocar as crianças nos lugares apropriados.

Você pode encontrar as regras no site de cada kommune sob børnepasning, pasning ou skole.

As regras vão variar de kommune para kommune, mas estas são diretrizes gerais que devem atendê-lo bem.

Como as crianças podem se inscrever em serviços de cuidados infantis aos 6 meses de idade, a maioria dos dinamarqueses registra seus filhos logo após o nascimento para garantir os melhores lugares. Você deve registrar seu filho antes do aniversário de 4 meses.

Claro, se você acabou de chegar na Dinamarca, registre-se assim que tiver seu número de CPR. Geralmente há uma lista de espera.

Há um “pasningsgaranti” na Dinamarca, o que significa que todas as crianças têm o direito a um lugar em um serviço de assistência infantil até que possam começar a escola.

Você tem que ir ao seu kommune local e registrar seu filho. Nesse momento, você pode escolher até três serviços de atendimento infantil e será colocado na lista de espera. O kommune tentará te dar um lugar em uma de suas escolhas, mas alguns lugares têm longas listas de espera.

Quando você não puder entrar em um serviço de creche, então o kommune vai pagar você para ficar em casa e cuidar de seus filhos ou “aparelha-lo” com um babá ou uma babá, se necessário.

O governo diz que as esperas não devem durar mais de 3 meses e a maioria das pessoas com quem conversei não esperaram mais que isso.

O cuidado da criança não é gratuito e, dependendo de onde você mora, você pode esperar pagar até 3000 coroas dinamarquesas (R$ 1760,00 aproximadamente) por mês por criança.

Houve um aumento grande no número de creches e escolas particulares, especialmente em comunidades menores. Quando os kommunes decidem fechá-las, os habitantes da área decidem se irão iniciar suas próprias escolas e creches em vez de mandar os filhos para uma escola mais longe.

Aqui está uma visão geral dos níveis de educação na Dinamarca:

  • Pré escola
  • Ensino primário e secundário inferior
  • Educação secundária superior
  • Educação vocacional e treinamento
  • Ensino superior
  • Aprendizagem de adultos

Antes de começar a pré-escola, a maioria das crianças na Dinamarca se beneficia de serviços de creches, como creches e creches. A pré-escola, que é opcional, é seguida por nove anos de escolaridade obrigatória nos ensinos fundamental e médio. Existe um décimo formulário opcional. O sistema de ensino médio inclui uma série de oportunidades. Programas acadêmicos permitem que os alunos se inscrevam para ingressar no ensino superior. Os programas vocacionais visam a entrada direta no mercado de trabalho.

Tipos de Escolas

A primeira forma de educação na Dinamarca, a que seus filhos serão expostos, é quando eles entram na vuggestura.

O “vuggestue” é pronunciado “vôgue -ga- stiu”, que é para crianças de 6 meses a 3 anos de idade.

Depois disso, seu filho se mudará para um børnehave ou jardim de infância, que é para crianças de 3 a 6 anos de idade.

Depois dos 6 anos, as crianças começam a frequentar o “Folkeskole” na sua comunidade local. Você pode solicitar uma escola fora do seu kommune.

Existem 3 níveis de escolaridade.

  • Graus 0-3 (em que 0 é, na verdade, jardim de infância e as crianças têm a chance de se integrar em um novo sistema escolar)
  • Graus 4-6
  • Graus 7-9

As escolas vão variar muito do que você encontra na América e no Reino Unido. O ensino é feito um pouco mais livremente e em equipe.

Por exemplo, os graus 4-6 serão ensinados por uma equipe de professores, cada um com a liberdade de escolher seus próprios livros didáticos, materiais e métodos de ensino. Não há notas oficiais como você encontra nas escolas dos EUA. Não é até a 8 ª série, onde as notas são dadas oficialmente e que na 9 ª série os alunos fazem os exames finais.

Após os exames finais, os estudantes podem optar por continuar sua educação por mais 3 anos e fazer seus A-Levels (studentereksamen) ou ir para uma escola de comércio / aprendizado (ungdomsuddannelse).

Depois disso, você pode continuar a ir para a universidade ou para o ensino superior.

Dinamarca no PISA

Desempenho médio

O indicador principal para as três áreas temáticas: ciência, matemática e leitura. A média de desempenho refere-se a todos os alunos de 15 anos de idade em um país / economia, independentemente do tipo de escola e série frequentada. Pequenas diferenças entre países e ao longo do tempo podem ser estatisticamente insignificantes.

Análise sobre a média geral de todos os alunos

Análise dos alunos com melhores desempenhos

Estudantes de alto desempenho na ciência podem usar idéias ou conceitos científicos abstratos para explicar fenómenos e eventos desconhecidos e mais complexos. Em matemática, eles são capazes de raciocinar e raciocinar matemáticos avançados. Na leitura, os melhores desempenhos podem recuperar informações que exigem que o aluno localize e organize várias partes de informações profundamente incorporadas a partir de um texto ou gráfico.


Análise sobre os melhores alunos

Igualdade social

As escolas devem oferecer uma boa educação para todos os alunos, independentemente da educação ou carreira de seus pais. O PISA avalia em que medida as diferenças nos resultados da educação estão associadas ao status social dos pais, bem como à lacuna de desempenho entre os alunos favorecidos e desfavorecidos. Ele também identifica a parcela de alunos que apresentam bom desempenho, apesar de serem provenientes de meios desfavorecidos, conhecidos como estudantes resilientes.

Apesar de nos últimos estudos sobre igualdade social a Dinamarca ter sido o país onde o impacto da renda familiar dificulta menos a ascensão social, houve, principalmente após crise de 2008, uma redução deste índice em questões escolares, indicando aumento da influência da renda no desempenho dos alunos. Mas essa variação não fez a Dinamarca deixar de ficar acima da média se comparada com todos os outros países da OCDE.

No critério de igualdade social, podemos ver que houve uma aumento grande da influência da riqueza familiar na performance dos alunos (Impact of Social Background) nos últimos anos

Estudantes imigrantes

Muitos países acham difícil dar aos estudantes imigrantes as mesmas oportunidades educacionais que os estudantes não-imigrantes. O PISA avalia como os estudantes imigrantes se saem em comparação com seus pares nativos e mede a diferença de desempenho entre os dois grupos. Ele também analisa fatores contextuais, como a proporção de estudantes imigrantes entre todos os alunos e a probabilidade de os estudantes imigrantes serem colocados em escolas com uma grande parcela de alunos socialmente desfavorecidos.

Nesse quesito a Dinamarca não tem tido os melhores resultados. Estão bem abaixo da Média da OCDE.

Em linhas gerais, a Dinamarca se mantém acima da média nas avaliações sobre Ciências, Matemáticas e Leitura. Mas peca ainda na igualdade educacional para os imigrantes.

Programas depois da escola

Como a maioria dos pais trabalha para sustentar uma família, há opções para cuidados pós-escolares para crianças. As crianças vão diretamente de sua escola para depois das instalações da escola.

Esses incluem:

  • Fritidshejem para os graus 1-4. Também conhecido como SFO
  • Fritidsklub para as séries 5-6. Também conhecido como um SFO-Klub
  • e finalmente o Ungdomsklub para crianças nos graus 7-9.

Esses locais geralmente ficam abertos quando a escola deixa as 17h. Alguns ficam abertos um pouco mais tarde, mas a norma é entre 17 e 18 horas.

Escolas Internacionais

Se você deseja ampliar seu leque de possibilidades de educação na Dinamarca, confira a Educação Internacional na Dinamarca. Existem muitas escolas internacionais em toda a Dinamarca, a maioria é encontrada perto de Copenhague.

Você pode continuar aprendendo mais sobre como começar na Dinamarca ou mais sobre a vida cotidiana como expatriado.

Ensino Superior

O ensino Superior na Dinamarca possui uma diversidade enorme de programas (montagens de currículo) para os alunos.

Além dessa enorme variedade, a Dinamarca também, dentro dessa perspectiva, oferece muitos programas no modo “internacional”, ou seja, aulas em inglês, o que aumentam a atratividade para os Dinamarqueses que querem se incluir mais em outras partes do mundo, como facilita para alunos de outros países ao cursarem no país.

Mas em meados do ano de 2018, o Ministro da Educação e Ciência, decidiu se empenhar em reduzir a quantidade de programas nesse tipo de ensino superior internacional. Alegando que os alunos formados nesses programas, mesmo os dinarmaqueses, estavam saindo do país depois de terem todo o seu estudo financiado/patrocinado pelo governo do país.

Entre 1.000 e 2.000 vagas a menos em tais programas, que são principalmente ensinados em inglês, de acordo com o ministro de Educação Superior e Ciência, Tommy Ahlers.

De acordo com um estudo do Ministério da Educação e Ciência, 42% dos diplomados de programas de mestrado em língua inglesa deixaram a Dinamarca dois anos após completarem os seus estudos, com cerca de um terço a permanecer na força de trabalho dinamarquesa após dois anos.

“Não podemos resolver as responsabilidades educacionais de outros países”

Tommy Ahlers

O estudo também revelou que “a maioria” daqueles em programas de inglês e bacharelado em engenharia foram encontrados retornando aos seus países de origem após a formatura.

Uma declaração do ministério explicou que, como a educação desses estudantes é financiada pelo contribuinte dinamarquês e cerca de metade recebe doações, por não contribuir para o mercado de trabalho do país, eles representam um grande custo para a sociedade dinamarquesa, “como eles são educados para o benefício de mercados de trabalho em outros países ”.

Segundo o ministro do Ensino Superior e Ciência, Tommy Ahlers, é desejada uma redução de entre 1.000 e 1.200 vagas nos programas de mestrado e bacharelado em Engenharia.

“Os estudantes internacionais trazem muito para a Dinamarca, expandem os horizontes dos estudantes dinamarqueses e introduzem um aspecto internacional no trabalho que está sendo feito nas empresas dinamarquesas”, disse Ahlers.

“Mas não podemos resolver as responsabilidades educacionais de outros países. Portanto, devemos fazer mais para garantir que os estudantes internacionais talentosos permaneçam e trabalhem aqui após a formatura, e devemos ajustar o número de locais de programas em que vemos muitos recém-formados voltarem para casa ”.

O ministro disse que entrará em contato com as instituições para descobrir quais iniciativas existem para garantir que mais estudantes permaneçam na Dinamarca após a formatura e transferência para o mercado de trabalho dinamarquês.

A Dinamarca emergiu como um país atraente para buscar educação de nível superior; o número de estudantes de língua inglesa aumentou de 7.500 em 2004 para aproximadamente 22.100 em todos os programas de ensino superior.

A decisão do ministério segue uma decisão similar feita em 2017, quando o ministro anterior reduziu os lugares em programas selecionados em quase 28%, citando o baixo número de graduados que permanecem na Dinamarca após seus estudos.

O setor de ensino superior na Dinamarca inclui:

  • Instituições de Ensino Superior Artístico (pesquisa e / ou programas de graduação e pós-graduação artísticos)
  • Universidades (programas de graduação e pós-graduação baseados em pesquisa)
  • Faculdades da Universidade (profissão da academia e programas profissionais do bacharel)
  • Academias de Negócios (instituições de ensino superior de ciclo curto que oferecem a Academia de Professores e programas conjuntos de bacharelado)
  • Educação de adultos. As oportunidades para a aprendizagem ao longo da vida em termos de educação de adultos são muitas. Eles são oferecidos em todos os níveis. Cursos individuais também são oferecidos sob a Lei de Educação Aberta, seja na faculdade ou universidade.

Graduação do Ensino Superior

Academia de Educação Superior Profissional

  • 2 anos (120 ECTS)
  • Grau de uma Academia de Educação Superior Profissional ou uma University College
  • Teoria e prática em um programa
  • Estágios na Dinamarca ou no exterior
  • Desenvolvido em estreita colaboração com empresas e indústria
  • Turmas pequenas e contato próximo entre alunos e professores

Graduação de Licenciatura Profissional

  • 3-4 anos (180-240 ECTS)
  • Grau de uma faculdade universitária
  • Destinado a profissões específicas
  • Teoria e prática em um programa
  • Estágios na Dinamarca ou no exterior
  • Turmas pequenas e contato próximo entre alunos e professores

Graduação Superior

  • 1 ano e meio (90 ECTS)
  • Grau de uma faculdade universitária ou uma academia de negócios
  • Para alunos que já concluíram um programa de graduação de AP
  • Teoria e prática em um programa
  • Estágios na Dinamarca ou no exterior
  • Turmas pequenas e contato próximo entre alunos e professores

Academia de Graduação de Bacharelado

  • 3½ ano (220 ECTS)
  • Grau de uma academia de negócios
  • Destinado a profissões específicas
  • Teoria e prática em um programa
  • Estágios na Dinamarca ou no exterior
  • Turmas pequenas e contato próximo entre alunos e professores

Graduação Universitária de Licenciatura

  • 3 anos (180 ECTS)
  • Educação baseada em pesquisa
  • Grau de uma universidade
  • Predominantemente teórico
  • Oportunidades para realizar períodos de estudo ou estágios no exterior
  • Estudos independentes, bem como trabalho de projeto

Graduação de Licenciatura Artística

  • 3 anos (180 ECTS)
  • Licenciatura em Instituição de Ensino Superior Artístico
  • Investigação e / ou educação artisticamente fundamentada
  • Teoria e prática artística em um programa
  • Oportunidades para realizar períodos de estudo ou estágios no exterior
  • Estudos independentes, bem como trabalho de projeto

Pós Graduação

MESTRADO

  • 2 anos (120 ECTS)
  • Grau de uma universidade
  • Educação baseada em pesquisa
  • Estágios na Dinamarca ou no exterior
  • Trocar oportunidades em universidades de todo o mundo
  • Acesso a estudos de doutoramento ou mercado de trabalho

GRAU DE MESTRADO ARTÍSTICO

  • 2 anos (120 ECTS)
  • Licenciatura em Instituição de Ensino Superior Artístico
  • Investigação e / ou educação baseada na estrutura
  • Estágios na Dinamarca ou no exterior
  • Intercâmbio de oportunidades em universidades e instituições artísticas de ensino superior selecionadas em todo o mundo
  • Acesso a estudos de doutoramento ou mercado de trabalho

DOUTORADO

  • 3 anos (180 ECTS)
  • Grau de uma universidade / instituição de pesquisa ou uma instituição artística de ensino superior
  • Pesquisa e ensino na Dinamarca
  • Experiência internacional e cooperação
  • Oportunidades de apoio financeiro

Com informações do FYI Denmark, Study in Denmark, International Education in Denmark, The Local Denmark

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.