James Webb conclui com sucesso a abertura de seus espelhos primários

A equipe de operações da missão Webb deu o “sinal verde” para avançar com a extensão de seu painel de espelho primário de estibordo na manhã desde sábado. Esta foi a última das principais implantações no observatório, e sua conclusão definirá o cenário para os cinco meses e meio restantes de comissionamento, que consistem em estabelecer uma temperatura de operação estável, alinhar os espelhos e calibrar os instrumentos científicos.

A cobertura ao vivo da implantação, do Webb Mission Operations Center no Space Telescope Science Institute em Baltimore, foi transmitida no site da NASA ( https://nasa.gov/live ) começou por volta das 9h (GMT -5), 11h do horário de Brasília.

A primeira dessas duas asas foi implantada na sexta-feira, e a segunda concluída na manhã de sábado, conforme planejado, disse a NASA. As equipes da agência espacial continuaram a trancá-lo no lugar, no entanto, para protegê-lo permanentemente.

Duas semanas após o lançamento, o telescópio James Webb concluiu seu próximo grande marco: os espelhos foram implantados e o telescópio de próxima geração assumiu sua forma final.

O icônico espelho principal do telescópio mede cerca de 6,5 metros de diâmetro, por isso era grande demais para caber em um foguete quando ele decolou, duas semanas atrás. Seus dois lados foram dobrados.

O próximo passo para Webb? Cinco meses de alinhamento e calibração antes de começarmos a receber as imagens.