Nvidia desenvolve IA para por fim aos acidentes de trânsito

 

O DRIVE AV Safety Force Field: uma Política de Direção Defensiva Computacional para Proteger Veículos Autônomos de Colisões

Nvidia apresentou na GPU Technology Conference ( Conferência de Tecnologias de Computação gráfica) seu novo projeto em desenvolvimento de Inteligência Artificial aplicada a carros autônomos, segundo a empresa: “matematicamente rigorosa e validada na simulação, segurança na condução de algoritmos de decisão, proteção contra a imprevisibilidade do tráfego no mundo real”

É seu pacote de software de veículo autônomo NVIDIA DRIVE ™ AV com uma camada de planejamento e controle projetada para permitir uma experiência de direção segura e confortável. Um componente primário deste software é o Safety Force Field ™ (SFF ™), uma política de direção robusta que protege o veículo, seus ocupantes e outros usuários da estrada.

A SFF analisa e prevê a dinâmica do ambiente ao redor, captando dados de sensores e determinando um conjunto de ações para proteger o veículo e outros usuários da estrada. A estrutura do SFF garante que essas ações nunca criarão, escalarão ou contribuirão para uma situação insegura e incluirão ações necessárias para mitigar o perigo potencial.

Apoiado por cálculos robustos, segundo a empresa, o SFF possibilita que os veículos obtenham segurança com base em verificações matemáticas de colisões zero, em vez de tentar modelar a alta complexidade dos cenários do mundo real por meio de estatísticas limitadas. Com base na plataforma NVIDIA DRIVE, cálculos SFF baseados em física, quadro a quadro são executados nos dados do sensor do veículo.

A SFF também passou por validação usando dados do mundo real e simulação com precisão de bit, incluindo cenários envolvendo direção urbana e rodoviária que seriam muito perigosos para serem recriados no mundo real, segundo a Nvidia.

Mitigando Situações Perigosas e Eliminando Colisões

A National Highway Traffic Safety Administration estima que aproximadamente 94% dos acidentes sejam causados ​​por erro humano. A indústria está trabalhando para zero acidentes com o desenvolvimento de veículos autônomos. Aumentar a plataforma DRIVE AV com recursos de segurança, como planejamento de caminho, previsão e SFF, é um salto para alcançar esse objetivo.

Exclusivo para SFF é sua capacidade de levar em consideração as restrições de frenagem e direção. Essa consideração dupla ajuda a eliminar várias anomalias problemáticas de comportamento de veículos que poderiam surgir se fossem separadas. A política segue um princípio central de evitar colisões, em oposição a um grande conjunto de regras e exceções.

“Ao remover o erro humano da equação de direção, podemos evitar a grande maioria das colisões e minimizar o impacto daquelas que ocorrem”, disse David Nister, vice-presidente de software de direção autônoma da NVIDIA. “A SFF é matematicamente projetada para que veículos autônomos equipados com a SFF, como ímãs que se repelem, mantenham-se fora de perigo e não contribuam para situações inseguras.”

Aberto e Transparente

SFF é uma plataforma aberta e pode ser combinada com qualquer software de condução. Como uma política de tomada de decisões de segurança na pilha de planejamento de movimento, o SFF monitora e impede ações inseguras. Ele separa de forma limpa a evitação de obstáculos de uma cauda longa de regras complicadas da estrada. Quando executado em uma plataforma de computação de alto desempenho como o NVIDIA DRIVE, ele adiciona outra camada de recursos de diversidade e redundância para fornecer os mais altos níveis de segurança.

Mais detalhes sobre o Safety Force Field estão disponíveis em www.nvidia.com/sff.

Confira o vídeo, em inglês.