Apple revela seus mais potentes chips ARM: M1 Pro e M1 Max

Já se passou quase um ano desde que a Apple revelou seu primeiro chip personalizado para Macs, o M1 baseado em ARM. Como vimos em nossa análise do mais recente MacBook Air, MacBook Pro e iMac colorido, o M1 foi uma maravilha, provando ser mais rápido que os processadores x86 da Intel e AMD, ao mesmo tempo que consumia muito menos energia. Agora, em um movimento subsequente, a Apple está adotando uma abordagem dupla com M1 Pro e M1 Max, os dois chips que sustentam os novos MacBook Pros de 14 e 16 polegadas da empresa.

Imagem comparativa dos chips M1. O primeiro M1, lançado no ano passado.

Apple M1 Pro

Ambos os chips têm processadores de 5 nm e 10 núcleos, compostos por oito núcleos de alto desempenho e duas unidades de alta eficiência. O que os separa são suas capacidades de GPU e memória: o M1 Pro tem até uma GPU de 16 núcleos, enquanto o Max tem no máximo 32 núcleos gráficos. Em comparação, o M1 do ano passado era um chip de oito núcleos que atingiu o máximo com oito núcleos de GPU. O M1 Pro vem com até 32 GB de RAM com 200 GB / s de largura de banda, enquanto o M1 Max duplica esses valores, suportando até 64 GB de RAM.

Apple M1 Max

Com base nessas especificações, os usuários avançados verão uma atualização de desempenho muito maior ao escolher um MacBook Pro. O MacBook Pro de 13 polegadas equipado com M1 do ano passado não era muito mais rápido do que o M1 Air; o Pro basicamente adicionou um ventilador para cargas de trabalho mais sustentadas, enquanto o Air milagrosamente não tinha ventilador. Essa era uma situação estranha para a Apple: era uma prova do poder do silício da Apple e um sinal de que a empresa precisava dedicar mais tempo às suas máquinas potentes.

Dado que o MacBook Pro de 16 polegadas foi praticamente esquecido no ano passado, o M1 Pro e o M1 Max são exatamente o que os profissionais de criação estavam esperando. E isso antes de você obter todas as outras atualizações que chegam aos novos notebooks (Mais portas! Um slot para cartão SD!). A Apple diz que os chips oferecem desempenho até 1,7X mais rápido do que os chips de PC de oito núcleos concorrentes, o que os torna particularmente atraentes para pessoas que realizam renderização de vídeo e 3D de alta resistência.

Limites de memória RAM (unificada) e velocidade das memórias.

Para assistir a íntegra do evento de ontem, o vídeo está logo abaixo: