Anunciados os vencedores do Nobel de Física: Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi

O Prêmio Nobel de Física foi concedido a cientistas do Japão, Alemanha e Itália. Os cientistas Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi ganharam o Prêmio Nobel de Física de 2021 por suas “contribuições inovadoras para a nossa compreensão de sistemas físicos complexos”.

Manabe, Hasselmann e Parisi

Manabe e Hasselmann foram citados por seu trabalho “na modelagem física do clima da Terra, quantificando a variabilidade e prevendo o aquecimento global de forma confiável”.

A segunda metade do prêmio foi concedida a Parisi pela “descoberta da interação da desordem e das flutuações nos sistemas físicos de escalas atômicas a planetárias”.

Os vencedores foram anunciados na terça-feira por Goran Hansson, secretário-geral da Real Academia Sueca de Ciências.

O prestigioso prêmio vale 10 milhões de coroas suecas (US $ 1,15 milhão) e é concedido pela Real Academia de Ciências da Suécia.

O feed oficial do Twitter do Prêmio Nobel escreveu: “A Real Academia de Ciências da Suécia decidiu conceder o #NobelPrize em Física 2021 a Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi por contribuições inovadoras para a nossa compreensão de sistemas físicos complexos.”

O painel disse que Manabe e Hasselmann “estabeleceram a base de nosso conhecimento sobre o clima da Terra e como a humanidade o influencia.

A partir da década de 1960, Manabe demonstrou como o aumento da quantidade de dióxido de carbono na atmosfera aumentaria as temperaturas globais, lançando as bases para os modelos climáticos atuais.

Cerca de uma década depois, Hasselmann criou um modelo que ligava o tempo e o clima, ajudando a explicar por que os modelos climáticos podem ser confiáveis ​​apesar da natureza aparentemente caótica do tempo.

Ele também desenvolveu maneiras de procurar sinais específicos de influência humana no clima.

Parisi “construiu um modelo físico e matemático profundo” que tornou possível entender sistemas complexos em campos tão diversos como matemática, biologia, neurociência e aprendizado de máquina.

Após o anúncio, Parisi disse que “é muito urgente que tomemos decisões muito fortes e avancemos em um ritmo muito forte” no combate às mudanças climáticas.

“É claro para as gerações futuras que temos que agir agora”, disse ele.

Na manhã de segunda-feira, o Comitê Nobel concedeu o prêmio de fisiologia ou medicina aos americanos David Julius e Ardem Patapoutian por suas descobertas sobre como o corpo humano percebe a temperatura e o tato.

Nos próximos dias, prêmios também serão concedidos a trabalhos de destaque nas áreas de química, literatura, paz e economia.

A transmissão da escolha está aqui (em inglês).

Sair da versão mobile